Pular para o conteúdo principal

Postagens

A conquista de um sonho

Não poderia ter chegado sem a parceria do amigo Pedro Magalhães.

Postagens recentes

DICA: Jovens Falcões, livro de Eduardo Lyra

Recebi, hoje, na hora do almoço o livro Jovens Falcões, de Eduardo Lyra. É um nutritivo prato para as realizações dos sonhos, com histórias inspiradoras do empreendedorismo dos jovens brasileiros.

Está servid@!

#Poemeto Lira Dutra - 2

Olá, querid@s leitores(as)!

Hoje a noite nos brinda com um belo céu negro acompanhado da lua lança chamas sob as almas apaixonas.

Não perdi tempo, fotografei a danada e misturei palavras.

Pronto mais um poemeto!


#Poemeto

Olá, amig@s!

Inicio hoje, aqui no meu blogue pessoal, a coluna #Poemeto.
São relampejos da mente descompromissada e travessa nas horas vagas.

Comecei postar #poemetos no Facebook e agora divido com você na reta final do 2014.




Água e ferro

A beleza das águas doces do Rio Coreaú aumenta com encanto sólido da ponte ferro.


8 de maio é o Dia do artista plástico brasileiro

Artigo sobre história do nosso Ceará

Leia o artigo do prof. Francisco Pinheiro, Secretário de Cultura do Ceará.
De Siará a Ceará
O Dia do Ceará, comemorado hoje celebra a autonomia política e econômica em relação a Pernambuco. Isto não significou um processo revolucionário de ruptura política, todavia representa um momento importante para a então capitania, pois a partir desse momento o Ceará pôde realizar comércio direto com a metrópole (Portugal) e tornou-se administrativamente independente, livre da ingerência de Pernambuco.
O Decreto régio de 13 de junho de 1621 dividiu a colônia portuguesa em dois estados: estado do Maranhão e Grão-Pará e estado do Brasil. O Ceará tornou-se subordinado ao primeiro, e em 1656 o Ceará ficou subordinado a Pernambuco. Apenas em 17 de janeiro de 1799, através de uma carta régia, a coroa portuguesa tornou a capitania do Siará (bem como a Paraíba) independente de Pernambuco, podendo comercializar com a metrópole. Apesar dessa determinação não romper com as regras do pacto colonial – onde exis…