Pular para o conteúdo principal

O IV Encontro de Culturas do Pólo UAB

cultura
por: Prof° Gonçalo Carvalho Filho, Piauí.

Não é fácil a tarefa de incentivar a cultura de um lugar sem apoio financeiro, se não apelarmos para a sensibilidade dos artistas. Mobilizar artistas, incentivá-los a participar de encontros culturais à margem de interesses econômicos, tão-somente pelo desejo de levar a arte até a comunidade e de divulgar o trabalho artístico, sem dúvidas, requer de quem se propõe a fazer isso muita perseverança e sensibilidade. Os artistas, em geral, são muitos sensíveis, afora aqueles já corrompidos pela lógica do capital. Porém, as pessoas que chamam para si a responsabilidade de articular as forças vivas da cultura...

...Só resta concluirmos: o IV Encontro de Culturas do Projeto EnCantadores do Sertão foi espetacular sem, necessariamente, ser um espetáculo.

+ na fonte : http://www.overmundo.com.br/overblog/o-iv-encontro-de-culturas-do-polo-uab

Comentários

  1. partir de agora, enviarei as notícias de cultura do sertão para o seu endereço eletrônico, tá ok?
    Um abraço cordial, Gonçalo.

    ResponderExcluir
  2. ENVIUVEI E CASEI COM MINHA CUNHADA PARA NÃO TER OUTRA SOGRA.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Solte o verbo, deixe seu comentário.
Obrigado!

Postagens mais visitadas deste blog

Artigo sobre história do nosso Ceará

Leia o artigo do prof. Francisco Pinheiro, Secretário de Cultura do Ceará.
De Siará a Ceará
O Dia do Ceará, comemorado hoje celebra a autonomia política e econômica em relação a Pernambuco. Isto não significou um processo revolucionário de ruptura política, todavia representa um momento importante para a então capitania, pois a partir desse momento o Ceará pôde realizar comércio direto com a metrópole (Portugal) e tornou-se administrativamente independente, livre da ingerência de Pernambuco.
O Decreto régio de 13 de junho de 1621 dividiu a colônia portuguesa em dois estados: estado do Maranhão e Grão-Pará e estado do Brasil. O Ceará tornou-se subordinado ao primeiro, e em 1656 o Ceará ficou subordinado a Pernambuco. Apenas em 17 de janeiro de 1799, através de uma carta régia, a coroa portuguesa tornou a capitania do Siará (bem como a Paraíba) independente de Pernambuco, podendo comercializar com a metrópole. Apesar dessa determinação não romper com as regras do pacto colonial – onde exis…

A conquista de um sonho

Não poderia ter chegado sem a parceria do amigo Pedro Magalhães.

DICA: Jovens Falcões, livro de Eduardo Lyra

Recebi, hoje, na hora do almoço o livro Jovens Falcões, de Eduardo Lyra. É um nutritivo prato para as realizações dos sonhos, com histórias inspiradoras do empreendedorismo dos jovens brasileiros.

Está servid@!