Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2009

Analfabetismo

Machado de Assis - 15 de Agosto de 1876Gosto dos algarismos, porque não são de meias medidas nem de metáforas. Eles dizem as coisas pelo seu nome, às vezes um nome feio, mas não havendo outro, não o escolhem. São sinceros, francos, ingênuos. As letras fizeram-se para frases: o algarismo não tem frases, nem retórica.Assim, por exemplo, um homem, o leitor ou eu, querendo falar do nosso país dirá:- Quando uma constituição livre pôs nas mãos de um povo o seu destino, força é que este povo caminhe para o futuro com as bandeiras do progresso desfraldadas. A soberania nacional reside nas Câmaras; as Câmaras são a representação nacional. A opinião pública deste país é o magistrado último, o supremo tribunal dos homens e das coisas. Peço à nação que decida entre mim e o Sr. Fidélis Teles de Meireles Queles; ela possui nas mãos o direito a todos superior a todos os direitos.A isto responderá o algarismo com a maior simplicidade:- A nação não sabe ler. Há 30% dos indivíduos residentes neste país…

Exposição Discos: Cera, Vinil e CDs

O Instituto José Xavier - IJX - está com uma exposição sobre “Discos: Cera, Vinil e CDS”. Fazem parte da mostra discos raros de compositores e artistas consagrados. Estão expostos discos de autores de música erudita (Mozart, Beethoven, Vivaldi, entre muitos outros) e de Música Popular Brasileira (Chico Buarque, Gal Costa, Milton Nascimento, e outros).

A exposição está aberta à visitação de segunda a sábado, no horário de 08: 00 às 12: 00 e 14: 00 horas às 18: 00, na sede do Instituto José Xavier (IJX), à Rua Pessoa Anta, 564, Centro – Granja – Ceará.

Lívio Barreto no Dia Internacional do Livro

Lívio BarretoEstou muito, muito feliz com a noticia de que a Secult (Secretária da Cultura do Estado do Ceará) vai lançar o livro Dolentes de Lívio Barreto, poeta granjense que é uns dos principais poetas da literatura cearense. Leia abaixo a noticia publicada no site da Secult.
*Secult lança “Dolentes”, livro póstumo de Lívio Barreto, no Dia Internacional do LivroO poeta Lívio Barreto, se vivo fosse, teria completado 139 anos em 18 de fevereiro de 2009. Com o pseudônimo de Lucas Bizarro, foi um dos fundadores da Padaria Espiritual, irreverente grêmio literário cearense. “Dolentes”, seu livro póstumo é o maior representante cearense do Simbolismo, movimento artístico de ruptura ao Realismo, cuja vertente poética foi denominada Parnasianismo. O Simbolismo, assim, redescobre a subjetividade, o sentimento, a imaginação e a espiritualidade.

Em justiça à memória do poeta que faleceu aos 25 anos, a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará publica Dolentes, único livro de Lívio Barreto, e faz …

Páscoa e o coelinho de ovos doces

ovos de Páscoapor: Lira Dutra

O Domingo de Páscoa, data que celebra a ressurreição de Jesus Cristo, está chegando e, não há dúvida, com o evento religioso vem o desejo pascoal de comer um delicioso ovo de chocolate recheado de... chocolate. Mas você sabe de onde vem a idéia de presentear as pessoas queridas com ovos? Não? Ficará sabendo agora!

O costume de presentear com ovos não é novo, vem da tradição pagã, chegou à Europa na era Cristã e dura até hoje para a alegria dos chocolatras e do comércio. Os ovos eram de galinha, ganso ou codornas e podia ser pintados com varios motivos. "Da Rússia à Grécia, os ortodoxos costumam pintar os ovos de vermelho. Já na Alemanha, a cor dominante é o verde" (wikipédia).

Já idéia de se lambuzar com ovos de chocolate no dia da Páscoa surgiu no século VXIII, na França. Assim como o coelho, o ovo simboliza a fertilidade, o nascimento de uma vida nova.

Para finalizar, uma Páscoa achocolatada recheada ações, sonhos e pessoas ferteis.

fontes de pesq…

VI Festival de Inverno da Meruoca tem data marcada

fonte: http://www.meruoca.ce.gov.br

O VI Festival de Inverno da Meruoca será realizado nos dias 11, 12 e 13 de junho e terá mudanças no formato com objetivo de dar maiores oportunidades aos artistas do município e da região Noroeste do Estado.

A data foi decidida ontem, 2 de abril de 2009, pelo prefeito Antônio Fonteles, em reunião com os membros da Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Juventude.

O produtor do Festival é o cantor, compositor, poeta e músico Pingo de Fortaleza, que trabalhará para dar ao evento uma cara mais regional, com valorização das produções locais.

Uma mentirinha por amor de Deus

Nessas alturas tem muita gente que já esgotou seu estoque de mentiras em casa, no trabalho ou na net. É que hoje é 1º de abril. E para não esquecer a tradição as pessoas dão uma de Pinóquio, pregando peças em todo mundo.

Dizem que tudo começou na França. Será que os franceses são mentirosos? Não, calma! Tudo teria começado quando o rei Carlos IX determinou que o ano iniciasse no dia 1º de janeiro. Como as pessoas estavam acostumadas com o ano começar no dia 1º de abril, passaram a fazer confusão com a nova data e as brincadeiras (mentiras) surgiram e passaram de geração para geração. Tornando o 1º de abril o Dia da Mentira.

Para muita gente de bem, uma mentirinha recheada de bom humor no dia de hoje faz bem. Só não deixe a coisa se tornar crônica como no caso dos políticos, que não têm dia nem hora para mentiras cabeludas.

fonte:
http://www.brasilescola.com/datacomemorativas/dia-da-mentira.htm
http://www.soutomaior.eti.br/mario/paginas/cur_1abr.htm