Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2008
Garimpeiros urbanos procuram metais preciosos em celulares

Com a disparada do preço dos metais, uma nova modalidade de garimpo ganha adeptos pelo mundo. Trata-se da procura por ouro, prata, cobre e diversos outros metais preciosos incorporados aos circuitos eletrônicos do celular.

Os metais recuperados são reutilizados em novos componentes eletrônicos. O ouro e outros metais preciosos podem ser derretidos e vendidos como para joalheiros e investidores, ou de volta aos fabricantes.

"Os metais podem ser preciosos ou comuns, mas queremos reciclar todo o possível", disse Tadahiko Sekigawa, presidente da Eco-System Recycling, subsidiária da Dowa Holdings.

Uma tonelada de minério extraída de uma mina de ouro produz em média apenas 5 gramas do metal, enquanto uma tonelada de celulares descartados pode render 150 gramas ou mais, de acordo com estudo da Yokohama Metal, outra empresa de reciclagem de metais.

O mesmo volume de celul…

CONCURSO LIVRE DE CONTOS

O IJX-Instituto José Xavier- está promovendo um concurso de contos, cujo tema é a cidade da Granja.
REGULAMENTO TEMA PRINCIPAL É A GRANJA; SEUS ESPAÇOS, SEU POVO, SEUS E COSTUMES, RELIGIOSIDADE, POLÍTICA;
TEXTO EM LÍNGUA PORTUGUESA COM 1.500 A 5.000 PALAVRAS OU 10.000 A 35.000 TOQUES;APRESENTAÇÃO DO TEXTO DEVERÁ SER EM ARQUIVO .DOC DO WORD(ÚLTIMAS VERSÕES); FORNECER ORIGINAL EM DVD OU CD-ROM COMCÓPIA EM PAPEL A4, ESPAÇO 1,5, COR PRETA;QUALQUER PESSOA PODE CONCORRER;UTILIZAR UM PSEUDÔNIMO;
FORNECER IDENTIFICAÇÃO À PARTE, EM ENVELOPE LACRADO, CONTENDO O TÍTULO DO CONTO, NOME DO CANDIDADTO, ENDEREÇO E PSEUDÔNIMO NO INTERIOR E EXTERIOR O TÍTULO DO CONTO;OS CINCO/DEZ ESCOLHIDOS TERÃO SEUS CONTOS ENFEIXADOS EM UM VOLUME E PUBLICADOS NA SÉRIE DOS “CADERNOS DO IJX”;OS VENCEDORES RECEBERÃO 20 EXEMPLARES DA EDIÇÃO GRATUITAMENTE;O LIVRO TERÁ LANÇAMENTO NA SEDE DO IJX E POSSIVELMENTE EM OUTRO LOCAL EM FORTALEZA OU EM OUTRA CI…
COISA TÁ PRETA
Tá avacalhado meu cumpade
A coisa tá ficando preta
Tem gente tirando foto com Jesus
E dormindo com o capeta

É qui tâmum ispirranum o ano eletorá
Já taum repartindo as têtas da prefêtura
Pra quem elegé a ditadura réia banguela
Mas eu num tem cara de pau nem bunda de tanajura.

Índios atacam

Presença indígena na GranjaO município de Granja como todo o território brasileiro foi habitado por povos indígenas que, com a colonização do homem branco, perderam suas terras e cultura. Porém influenciaram e muito à formação do povo brasileiro, na granja existem muito lugares com nomes de origem indígena. Leia o textoÍndios atacam que narra um episódio ocorrido em 1817. Índios atacam “Os Tapuias do Morro do Irapuá – assevera Monsenhor Vicente Martins – perseguidos pela seca, atacaram a vila de Granja em 1817. Manuel Antonio de Almeida, que então exercia grande influencia no seio do povo, procurou acalma-los, dando-lhes alimentos e bebidas. Quando a paz parecia restabelecida, a indiada investe novamente contra o povo, forçando Manuel Antonio de Almeida e o coronel Francisco Carvalho Mota a tomarem ardilosa atitude, com seus homens armados. Munidos de buzinas e tambores irromperam em insistente e estrondosa tocata. Assombrados os índios abandonaram a vila, recolhendo-se no mato. A …

VERDADE TROPICAL

Autor: VELOSO, CAETANO
Editora: COMPANHIA DAS LETRAS
Assunto: ARTES-MUSICA

Autobiografia, memórias, histórias, ensaio, mesclam-se num texto elegante, escrito por Caetano Veloso, que cativa da primeira à última página. Além de contar fatos marcantes de sua carreira, Caetano narra diversos episódios decisivos de sua vida pessoal, incluindo, entre outros, a infância e a adolescência em Santo Amaro, o primeiro casamento, a prisão em 68 e o exílio em Londres. O tema do livro enfoca também a música popular. Caetano conta e interpreta a história do tropicalismo, relacionando-o com outras manifestações musicais significativas. Mas ainda: 'Verdade Tropical' reflete sobre questões que eclodiram nas décadas de 60 e 70, revelando um panorama da ditadura do Cinema Novo de Glauber Rocha, da presença dos Beatles e dos Rolling Stones, das drogas e do 'amor livre'.
+ clique
Antonio Moreira Batista, conhecido como Antonio Marreta, faleceu ontem, 13 de abril, e será sepultado hoje às 11 hora. foi professor, vereador e vice-prefeito da Granja em 1986.

Clube Social Granjense

Desenho do antigo Clube Social Granjense, atual CVT Dr Juarez. O desenho feito a partir de uma foto.
O antigo clube era espaço dos bailes da sociedade granjense, que se orgulhava de permitir apenas pessoas vestidas socialmente "corretas", proibindo a entrada de pessoas que não estivessem vestidas como mandava o figurino. 
Sua demolição/reforma aconteceu por intrigas partidárias entre as lideranças políticas locais. E nessa briga quem perdeu foi o patrimônio da cidade.
autor: Lira Dutra
Ano: 2008
Tecnica: caneta esferográfica sobre papel

ANALFABETISMO POLÍTICO COMO MOEDA DA POLITICAGEM

Na minha cidade desde o ano passado que se iniciou a campanha eleitoral com a vinculação de panfletos, aparentemente, anônimos. Mas o que mim entristece não é isso! O triste e ver as pessoas falarem de política como um negócio no qual quem tem dinheiro (e muito) é leva. Tipo no leilão! Não precisando ter o candidato nem um compromisso com o coletivo, com o bem comum. Ou seja, não precisando se esforçar para apresentar propostas de melhoria para vida da população. Este tipo de imaginário político vigente na minha querida Granja é de causar grande tristeza a quem tem o mínimo de cidadania. E o pior é que tem muitos futuros candidatos ao pleito de vereador e prefeito que alimentam esse tipo de fazer política... Desculpe! O nome correto é politicagem. Dizem que tem muito dinheiro e buscando ganhar a confiança da população com festinhas e pagamento de cachaça nos botecos fortalecendo o analfabetismo político. Tratando as pessoas com prendas de um grande e leilão.Somos sabedores que o probl…
Vincenzo Piccinini
Veio para o Brasil a pedido de seu tio materno, maestro Ciro Ciarlini, residente em Granja (CE)...Leia + no http://chalesdalagoinha.com.br/piccinini/fam_piccinini_vicenzo.htm

ACOLÁ

Acolá
é um lugar onde não quero ir sem tu!
Verás que acolá é um lugar onde não queres ir sem mim.
Simplesmente, para não deixar
a folha vazia sem saber o que houve
Acolá.

poema de: Lira Dutra, Granja-Ceará 05/04/2008

Menino Homem

Tu que és menino se fazendo homem
Tu que és homem se desfando menino
Se caires, levanta e sopra a poeira
segue a voz, marca a estrada romeira
com sonhos de paz
como homem que faz
das dores balas de prata
que sangrando o peito do mal.

Tu já não temes mais o escuro
A medida do muro
O alcance da lança
E quando a rede balança
Teu sonho alcança o mundo sem dor

E a brisa que vem traz as vozes
silenciosas das rosas
enlatadas no colorido dos algozes
que ceiam nos suor

E tu
Homem se desfazendo menino
Menino se fazendo homem
Pega o Cristo na estante
E vai sem medo, feroz
No desequil…